29 Fevereiro, 2020 Sapien Livre 4Comment

Tem uma personagem de uma novela da Globo, Amor de Mãe, uma advogada, interpretada pela atriz Thais Araujo. Ela era uma profissional muito bem sucedida e com alta renda, tinha um apto luxuoso e vivia com muito conforto. Só que tinha um problema, para fazer jus aos altos honorários precisava fazer coisas desonestas e que estavam totalmente desalinhadas com seus valores. Até que ela resolveu resolveu romper com toda falcatrua e pediu demissão.

Isso foi o suficiente para em pouco tempo perder o apartamento, o carro e toda a boa vida que tinha, ao ponto de não conseguir pagar a conta de luz e ficar as escuras. Essa é a história ideal para ilustra o modelo de pobre com alta renda. Pessoas que tem alto salário, sustentam um padrão de vida caro, são considerados ricos pela sociedade, mas estão a um contra cheque da falência.

Se você é uma pessoa privilegiada e está na parte de cima da pirâmide abaixo, observe que o fato de você fazer parte da elite de alta renda, não te faz uma pessoa rica, principalmente se:

Brasil é pobre

  • Depende uma única fonte de renda;
  • Usa todo ou quase 100% do seu salário;
  • Tem dívidas altas e de longo prazo (Financiamento de casa);
  • Está a menos de três meses da falência caso perca a fonte de renda principal;

Se você se identificou com pelo menos uma destas características, você não passa de um miserável, um pobre iludido por um alto salário recorrente, mas extremamente frágil. O que é pior, você sabe disto e irá fazer coisas que machucam os seus próprios valores para se manter, ou usando o vocabulário mais popular, pagar as contas. Assim como a personagem da novela, perder a alta renda e cair na realidade trará grandes dificuldades financeiras além de perdas, talvez irreparáveis.

Riqueza é patrimônio que gera renda passiva

Eu, você ou qualquer pessoa só é rica quando possui patrimônio líquido gerador de receita, pouco importa se você possui um apartamento que vale um milhão e meio se ele gera uma despesa mensal para mantê-lo. Melhor seria se tivesse quinhentos mil em investimentos que gera renda passiva recorrente. Compreende?

É muito importante saber separar ativos de passivos. Quem não possui esse conhecimento passa a vida adquirindo coisas que geram despesas pensando que estão fazendo investimentos. Não entendem porque dia após dia precisam cada vez mais trabalhar para pagar contas.

Em outras palavras, não seja um pobre de alta renda.

Para entender melhor este conceito, leia também: O fator simples para o enriquecimento

Imagem por MichaelGaida – pixabay

4 thoughts on “Você é um pobre com alta renda?

  1. “Riqueza é patrimônio que gera renda passiva”, essa frase resume tudo.
    Eu sou servidor público e tenho vários colegas que têm salários líquidos acima de 15 mil reais e muitos vivem endividados, tomando empréstimos consignados.

    1. Olá Dedé,

      Infelizmente, apesar de esse conceito ser super simples, as pessoas não compreendem e vivem em dívidas se valendo de seus salários.

      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *