22 Outubro, 2017 Sapien Livre 0Comment

Já parou para pensar como é difícil manter disciplina e se esforçar quando as coisas estão indo bem?

Tirando o esporte como exemplo, são pouquíssimos atletas que após serem campeões, conseguem se manter hegemônicos por muito tempo, apenas aqueles fora de série conseguem, são aqueles que entram para história e se ligam a eternidade.

QUANDO O SUCESSO É UMA ARMADILHA

O grande problema é que somos pessoas normais, até utilizamos estes grandes esportistas e personalidades como exemplo e inspiração.

Mas repito, 99% de nós somos pessoas normais e para pessoas normais, depois de um grande esforço e de alcançar o que queríamos o mais natural é querer desfrutar de tudo. É exatamente fazer uso daquilo que conquistamos, certo?

Então me pergunte… qual é o problema nisso? Na verdade não existe problema mas sabe aquele quilômetro a mais que faz diferença? aquele detalhe que ninguém sabe explicar? É exatamente o resultado do esforço além do esforço.

Para todos é muito fácil fazer economia quando as coisas estão indo mal. Em tempos de vacas magras ninguém questiona que se é importante fazer poupança.

Quando o país está em crise todos concordam em economizar para os tempos ruins. Mas quando as coisas estão indo bem, quando você está ganhando mais dinheiro que precisa para viver e tudo dá sinais que será ainda melhor.

Ai sim é muito difícil convencer alguém a fazer poupança, a andar o quilômetro a mais. E é exatamente isso que diferencia os vencedores de pessoas comuns.

Eles sempre estão alerta com o estado atual e não se melindram com o canto da sereia.

“Fazer um esforço para poupar ou até não gastar mais do que já foi estabelecido anteriormente é duas vezes mais difícil, principalmente quando a família ou os amigos estão sempre lhe convidando a relaxar, a viver e aproveitar um pouco mais o sucesso.”

Você sente que pode e se quiser, consegue sem muito esforço repetir o mesmo sucesso.

Esforço

Agora veja que a gordura a mais que conseguiu é exatamente o reservatório de energia necessário para enfrentar o momento oposto, aquele momento em que tudo dá errado. E pode ter certeza, ele virá. E como disse Warren Buffet:

“É somente quando a maré baixa que sabemos quem está nadando pelado.”

Eu, ao escrever este artigo, confesso que passei recentemente por esta experiência. Consegui determinado sucesso que me deixou um pouco cego com relação aos cuidados com determinados custos e o resultado foi que recebi um belo tapa na cara da realidade.

Mesmo eu, senhor do controle e disciplinador me coloquei em posição de extrapolar em função de uma folga mas metas atingidas.

O que fazer depois disso…? Oras, a mesma coisa que grandes atletas fazem após uma derrota, voltar para academia e treinar ainda mais forte e se manter firme no propósito.

“Assim como não há cura sem febre, não há vitória sem esforço continuo.”

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *