20 Abril, 2020 Sapien Livre 4Comment

São aproximadamente mais 400 mil novos CPFs em março na bolsa, isso no pior mês da história do mercado de nossa história recente. Com certeza é um dado a ser comemorado, no entanto, me preocupa o perfil destes novos entrantes.

Tenho, cada vez mais, recebido questionamentos de amigos e pessoas que desejam entrar no mercado de ações para aproveitar a queda recente. Claro que sempre acho positivo quando alguém busca formas de remunerar seu dinheiro, mas o problema é que essas pessoas, na maioria das vezes, entram com viés puramente especulativo e sem o menor conhecimento e experiência de mercado.

Geralmente as perguntas que recebo são do tipo… o que você me recomenda para investir, qual ação devo comprar? A resposta é sempre não sei!

Qual seu conhecimento de mercado? Qual o objetivo? qual seu perfil de investidor? Qual sua experiência com renda variável? Quais investimentos que já possui? Tem reserva de emergência? Sabe o que é uma corretora?

Ou seja, pessoas totalmente cruas entrando no mercado em um ambiente totalmente conturbado e incerto.

Os Mãos Fracas

Tivemos recentemente quedas mais expressivas que a muito tempo não tínhamos visto, quando quedas como essas ocorrem, o mercado sangra, as pessoas saem correndo. Muitos novatos, chamados sardinhas, desacostumados a perder dinheiro entram em desespero. Se a queda for algo que foge da memória recente, será uma baixa histórica e trará uma limpeza tirando os mãos fracas do rolê. O mão fraca é alguém obviamente sem conhecimento e experiência, porém ele não sabe disso.

Desta forma é tomado por uma falsa sensação de segurança, principalmente por estar iludido pelo acaso de um mercado de alta já alguns anos.

O mercado de renda variável e volátil não tolera que seus agentes fiquem por muito tempo sem uma limpeza,é aí que os mãos fracas são expulsos.

Experiência e o conhecimento

Para aqueles que entraram ou desejam entrar no mercado de ações e renda variável de um modo geral, lembrem-se que bolsa trata-se de investimento para longo prazo. O fato de ter caído muito não significa que está barato, o contrário também é válido. Desta forma se sua ideia é ganhar dinheiro a curto prazo tentando adivinhar o que está barato ou caro, é bem provável que você seja um mão fraca e será extinto tão rápido quanto decidiu entrar na bolsa.

Seja corajoso, mas saiba minimamente o que está fazendo e principalmente entenda que o tempo é um dos principais ingredientes para o investidor de sucesso. Assim como não é possível gerar uma criança engravidando nove mulheres em um mês, precisamos esperar nove meses para ter um bebe, não dá para acelerar o processo. Desta forma não é possível virar um investidor bem sucedido sem passar pelo processo de aprendizado que só o tempo proporciona. Compreende?

Disclaimer – Eu não sou um analista/assessor de investimentos e nem pretendo ser, entenda que você é responsável por seus investimentos e decisões. Sou apenas um apaixonado por finanças  pessoais e minhas opiniões e escolhas são particulares a minha filosofia e valores. Em outras palavras, se fizer cagada com seu dinheiro não me culpe.

Imagem por Igorovsyannykov –  Pixabay

4 thoughts on “Os mãos fracas

  1. Infelizmente são poucos os ponderados. Opero na bolsa desde 2006, com alguns hiatos que chegaram a 4 anos. Fiz muitas cagadas, perdi algumas centenas de milhares em um único dia, dentre outras desventuras.
    Hoje procuro restringir o valor operado e o número de trades, assim como tenho a humildade de buscar auxílio profissional (de quem vive disso), inclusivo com conteúdos pagos.
    Todos querem se dar bem com “dicas e almoços grátis”, o que é impossível na vida. Poucos entendem gastos com serviços como “investimento” e, sem muito estudo ou uma boa assessoria, a perda no longo prazo é quase garantida.

    Abraço,
    https://www.aposentecedo.com

    1. Ola Aposente Cedo,
      Você já tem uma longa história para contribuir com os novos entrantes. Muitos erros que nós cometemos podem ajudar as pessoas a não cometerem. Eu não faço trade, já tentei fazer e quebrei a cara. Me limito aos aportes de longo prazo visando renda passiva com dividendos e ganho de capital.
      Obrigado por sua contribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *