27 Setembro, 2019 Sapien Livre 0Comment

Durante muito tempo, aqui no Brasil, fui muito fácil investir. Qualquer pessoa com um pouquinho de conhecimento conseguia ter taxas de dois dígitos em renda fixa, até mesmo a capenga caderneta de poupança trazia ótimos retornos, e acredite, comparado com alguns países desenvolvidos que possuem taxa negativa, a poupança ainda é um ótimo investimento.

Para que estudar e se aventurar na renda variável? Era muito mais fácil tomar uma postura de agiota e emprestar dinheiro a altas taxa de juros. Isso acabou transformando o investidor brasileiro em um preguiçoso.

No entanto o Brasil aos poucos está mudando. Será muito difícil (não impossível) voltar aquela fase de juros de 14%. É provável que os juros até voltem a subir, no entanto a subida será bem menor que os eventos passados.

Esta nova realidade está levando muitas pessoas a se aventurarem no mercado de renda variável, porém esse mercado é diferente. É necessário entender não só o básico ( Juros, inflação, indexadores, SELIC e renda fixa) como também é necessário estudar o funcionamento da renda variável e o mais difícil de tudo, o próprio perfil e comportamento como investidor.

A B3 ( empresa dona da bolsa de valores de São Paulo) tem registrado recorde de novos investidores pessoa física, isso é realmente um dado a ser comemorado, no entanto qual é o preparo e qualificação destes investidores? Como irão lidar com a próxima crise global que inevitavelmente irá acontecer? Será que estão prontos para lidar com quedas de 40 a 50% de seus patrimônios em um único mês?

Será que o investidor preguiçoso acostumado com a curva ascendente e linear de seus investimentos em renda fixa estão prontos para lidar com o sobe e desce e a enxurrada de notícias fakes que ocorrem diariamente interferindo no seu humor e comportamento com o dinheiro?

No mundo desenvolvido (não gosto destas termologias), investimento de verdade é renda variável, é isso que desenvolve as empresas e consequentemente o pais como nação rica, é bom para todo mundo.

Estamos em um novo momento no Brasil, espero que essa queda dos juros seja uma realidade que veio para ficar. Se você que está lendo este artigo se identificou como investidor preguiçoso. Não precisa se desesperar e sair correndo para a renda variável, mas precisa começar a estudar, no seu tempo, com calma e sem medo, mas saiba que as coisas, para o bem de todos, mudaram.

 

Disclaimer – Eu não sou um analista/assessor de investimentos e nem pretendo ser, entenda que você é responsável por seus investimentos e decisões. Sou apenas um apaixonado por finanças  pessoais e minhas opiniões e escolhas são particulares a minha filosofia e valores. Em outras palavras, se fizer cagada com seu dinheiro não me culpe.

Imagem por Peter-facebook – Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *