10 Agosto, 2020 Sapien Livre 6Comment

Quanto te pagam para desistir dos seus sonhos?

Já parou para pensar nisso? Não estou nem falando de salários. Claro, o que sempre escuto é: preciso pagar as contas.

Mas e todo o resto? Aquela estabilidade que você persegue a anos e ainda sempre falta um pouco mais. Aí sempre vem a ideia de que quando eu tiver um melhor plano de saúde, quando eu tiver aquela promoção, quando eu terminar de pagar o financiamento, quando o governo atual sair, quando o dólar baixar, quando os filhos crescerem e assim a vida passa. A questão é… Até quando você vai esperar para viver a sua melhor vida?

Quanto tempo ainda lhe resta, porque do jeito que as coisas andam, não temos muito tempo assim. Outro dia estava almoçando com uma amiga que queria ser mãe. Ela dizia que estava esperando ganhar mais dinheiro e crescer na profissão. Lembro que disse à ela que não existirá a condição ideal. Não podemos esperar o alinhamento perfeito das órbitas dos planetas, para assim, seguir nossos sonhos.

Sou filho de mulher nordestina, com pouquíssimo estudo e mesmo assim, conseguiu nos criar, com todas as dificuldades ver filhos se formarem e progredirem em em suas áreas.

Tenho que honrar esse sacrifício, esse esforço que ela fez para nós criar, não posso me acovardar, por isso toda vez que tenho medo de arriscar, lembro da garra e coragem de minha mãe que abriu mão dos próprios sonhos para que eu pudesse lutar pelos meus.

Faça valer o esforço dos seus antepassados, não troque seus sonhos por dinheiro, não estou dizendo para ser tornar um aventureiro (a) irresponsável, apenas faça alguma coisa, mesmo que pequena… Apenas comece, saiba que nunca terá a segurança que procura, afinal de contas, estabilidade só existe na morte.

6 thoughts on “Estabilidade é morte

  1. Feito é melhor que perfeito.

    Infelizmente somos uma geração de cautelosos ao extremo.

    Um filho que nasce fora de hora é sempre acidente, uma pessoa que larga tudo pra viajar por 1 ano é vagabundo (a não ser que seja um intercâmbio/work experience nos moldes comerciais e validados pela sociedade), uma pessoa que quer ter 3 ou mais filhos é louca, pois não “vai ter dinheiro” pra criar.

    A verdade é que as gerações de nossos pais e avós não tinham medo da vida. Não precisavam ter a conjuntura perfeita para agir.
    A gente se garante muito no discurso de que “vamos viver mais, a medicina está avançando”, quando na verdade a gente está adiando uma decisão por anos, às vezes décadas, e pode ser que a gente viva 2 ou 3 anos a mais que nossos pais, SE a medicina realmente “avançar” até lá e não sofrermos nenhum acidente.

    Menos preparAção e mais ação.

    Abraço

    1. Impactante a frase que vc fala ” nossos pais não tinham medo da vida”. Muito a gente ter medo da vida neh? A geração passada era forte e acabou vencendo, mas acho que “mimaram” demais nossa atual geração, neste sentido nós tornamos mais fracos, dependentes e o pior, achamos que o mundo tem a obrigação de nos fazer felizes.
      Abcs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *