4 Setembro, 2018 Sapien Livre 0Comment

Uma das filosofias que mais influência minha vida é a d  Epicuro. Este filósofo costumava falar que qualquer pessoa pode ser feliz.

Para ele a felicidade está baseada entre o prazer e a dor. Não devemos nos envergonhar de ter uma vida prazerosa contrariando muitas outras filosofias. O grande problema é que procuramos felicidade no lugar errado.

Geralmente quando se fala em felicidade as imagens que nos aparece em mente é de uma gorda conta bancária, uma casa grande e confortável com carro na garagem, trabalho satisfatório e desafiador, férias etc.

Epicuro acreditava na vida prazerosa, regada a beleza, boas risadas e sexo. Esse pensamento levou ele a ser mal interpretado, recebendo até o apelido de porco. Ainda hoje pessoas que comentem pecados como a Luxúria e outros pecados capitais são, por vezes, chamadas de epicuristas.

Porém os ensinamentos sobre felicidade de Epicuro leva a acreditar que nos perdemos facilmente nesta caminhada por dar foco às coisas erradas.

OS TRÊS INGREDIENTES PARA A FELICIDADE

Neste sentido Epicuro aponta que não sabemos realmente o que nos traz felicidade e por isso damos importância a coisas erradas, como o consumo excessivo e status social.

Desta forma ele elenca apenas três coisas essenciais para a vida feliz. Para a nossa sorte, mortais com poucos recursos financeiros, todos eles são de baixo custo e até de graça.

Epicuro

RELACIONAMENTOS

Para a filosofia epicurista os relacionamentos são tão importantes que ele criou sua escola em um casarão em Atenas, ao qual ficou famosa com o nome de Jardim de Epicuro.

Era como uma verdadeira comunidade alternativa onde os amigos e alunos poderiam viver em harmonia e compartilhar momentos e ensinamentos de vida.

“Não temos tanta necessidade da ajuda dos amigos quanto da certeza da sua ajuda” – Epicuro

O engraçado é que hoje pesquisas apontam que bons relacionamentos são essenciais para uma vida feliz. É a ciência moderna apontando o que a filosofia de quase 2500 anos atrás já apontava.

LIBERDADE

A autossuficiência significa liberdade financeira. Não depender financeiramente de emprego, estar com pessoas que não gostaria, fazendo coisas que não estão de acordo com seus valores fazem as pessoas infelizes.

Desta forma a independência financeira é um ingrediente essencial. Para isso os Epicuristas decidiram abrir mão da vida em cidade com característica competitiva e buscaram uma vida simples, porém com liberdade.

“Aquele que melhor goza a riqueza é aquele que menos necessidade dela tem” – Epicuro

Pessoas que não dependem de dinheiro, da competição e da aprovação alheia são livres e por consequência mais felizes.

AUTO CONHECIMENTO

Neste aspecto a filosofia de Epicuro se aproxima do budismo em sua busca pelo nirvana. O tempo necessário para meditar no seu conhecimento interior deve ser um exercício constante com o intuito de reduzir a ansiedade que toma conta de nossas vidas.

Para isso devemos nos afastar das distrações habituais da vida cotidiana, comercial e da influência do marketing para assim olhar  dentro de nós mesmos.

O homem sereno procura serenidade para si e para os outros – Epicuro

A pergunta que podemos nos fazer é… até que ponto somos escravos dos nossos próprios desejos e vaidades?

É fato que dinheiro não faz mal a ninguém, da mesma forma que possuir coisas traz felicidade até certo ponto. Você compra coisas para preencher o vazio de sua alma?

Relacionamentos, liberdade e autoconhecimento. Do que mais precisa para uma vida feliz?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *