16 Abril, 2019 Sapien Livre 0Comment

Quando eu fiz o curso de planejador financeiro, tomei ciência do que chamamos de ciclo de vida financeiro. É mais ou menos como apresentado no gráfico abaixo:

Esse é um modelo bem sucedido de vida financeira, observe que a linha da renda/patrimônio cresce a medida que a idade avança. O grande problema desse modelo é que a linha de patrimônio, apesar de crescer, não significa riqueza pois ela costuma gerar passivos (coisas que tiram dinheiro do seu bolso).

Ou seja, conforme a renda e idade das pessoas vão evoluindo, as despesas também vão crescendo em igual proporção pois precisam manter os bens adquiridos.

Desta forma, entram na famosa corrida dos ratos onde precisam trabalhar cada vez mais, mesmo com o aumento da renda, não conseguem entender porque não sobra dinheiro.

Este gráfico ilustra o modelo fracassado das pessoas teoricamente bem sucedidas. Elas costumam dizer… estou ajuntando um dinheirinho para comprar meu carro. Então quando chegam em determinado valor compram o bem, zerando os recursos.

Da mesma forma, um pouco mais para frente, vem a compra do 1ª imóvel, zerando seus investimentos de novo, além de onerar a renda com despesas para manutenção do bem. Neste momento já estão próximos dos 40 anos e nada de investimentos de verdade.

Teoricamente, se consideram bem sucedidos pois já possuem casa ( financiada) e carro, mas sem nenhum investimento gerador de receita passiva e com despesas crescendo.

Como a grande maioria das pessoas acreditam que estão sendo bem sucedidas ao comprar casa e carro, se concentram em construir patrimônio, porém todos eles tiram dinheiro do seu bolso.

É por isso que patrimônio não é significado de riqueza. Só é rico de verdade aquele que possui renda passiva, ou seja, coisas que colocam dinheiro no seu bolso sem a necessidade de trabalho.

Meu objetivo não é desestimular ninguém a comprar casa e carro, só precisam saber que esses bens não são investimentos.

NUNCA FAÇA POUPANÇA

Se você realmente deseja alcançar a Independência financeira, precisa romper com esse modelo. Do contrário, se for seguir essa formula de salvar 10, 20% para aposentadoria, como a maioria dos educadores financeiros gostam de recomendar por ai, será quase que impossível chegar a independência financeira ainda com energia para aproveitar a vida.

Fazer poupança não é investir, pois o objetivo principal é comprar alguma coisa. Os juros recebidos durante esse período são apenas um sub produto por manter o dinheiro com o banco.

Ao contrário disso, fazer investimentos tem por objetivo a geração de renda passiva e crescimento do patrimônio. É isso que lhe fará uma pessoa rica, para tal precisamos romper com o modelo tradicional de adquirir coisas pensando que são investimentos.

Mesmo que possua alta renda, enquanto não romper com o modelo, será pobre.

Foto de capa por tomwieden

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *