Economizar

COMPRE LIBERDADE, ALUGUE O RESTO

22 Novembro, 2017 Sapien Livre 4Comment

Neste post vou reproduzir uma importante parte do que eu chamo de filosofia financeira aplicada para liberdade.

Este é um dos primeiros princípios que deve aplicar para que consiga a independência financeira no menor tempo possível. Também é um dos itens que mais causam polêmica e discordância. Algumas pessoas chegam a ficar bravas quando defendo que devemos alugar uma casa em vez de comprar. Além de aspectos financeiros, existem outros muitos que detalharei em uma outra oportunidade, neste irei apenas fazer uma breve introdução e plantar uma semente em sua cabeça com relação a esta filosofia do não possuir bens que lhe tire liberdade.

Compre Liberdade, alugue o resto

Antes de conseguir sua independência financeira, não cometa o erro que a grande maioria das pessoas cometem acreditando em um falso senso de segurança em possuir coisas, patrimônios que só te geram passivos e te faz trabalhar cada vez mais para manter. A gente começa possuindo as coisas e as coisas passam a nos possuir.

Sei que muitos jovens sonham com o primeiro carro, mas acredite, a gente não tem noção da quantidade de dinheiro que esse tipo de bem consome de nosso orçamento. Se não for realmente necessário possuir um carro, não compre. Utilize outros moldais de transporte, taxi, aplicativos de carona, metro, ônibus, bicicleta… como já disse, o objetivo principal é ser livre. Não caia na armadilha de possuir bens que te prende e compromete com altos custos de manutenção. Agora, se realmente precisa de um carro, escolha da mesma forma que compra uma máquina de lavar.

Um dos maiores sonhos dos brasileiros é comprar uma casa. É o falso senso de segurança de ter um lar próprio. Entendo os aspectos sentimentais deste bem, mas vá por mim, deixe para comprar o que quiser depois que for livre. Será muito mais fácil e rápido adquirir um imóvel quando o dinheiro deixar de ser importante, se é esse realmente um sonho seu.

Alugar te dá liberdade para estar onde quiser. Se não estiver bom, se estiver caro, se enjoou. A única coisa que precisa fazer é mudar. O aluguel te dá opção de ficar ou partir, de usufruir sem o peso e a responsabilidade da posse.

Sem Amarras
Sem Amarras

As maiores e mais valiosas empresas do mundo atual não possuem grandes fábricas, instalações ou prédios comerciais. Elas dominam o processo, a ideia, o conhecimento e alugam todo o resto. Pessoas inteligentes devem fazer o mesmo. Não se prenda na ideia que a sociedade prega de quem é bem-sucedido deve possuir coisas.

Entre possuir uma casa ou um carro, ou que quer que seja, alugue e escolha comprar liberdade. Quando falo em comprar liberdade me refiro a ativos que te gere renda passiva e te aproxime cada vez mais de uma vida livre, sem amarras. Que te possibilite usar seu tempo para o que ama sem a preocupação de ganhar dinheiro. Isso é realmente construir algo de valor.

O que devemos possuir e construir são opções e escolhas, quando mais pudermos escolher, quanto mais opções tivermos, mais livres seremos.

E você o que acha? Acredita que comprar uma casa para morar é algo realmente importante, mais importante ao ponto de comprometer sua liberdade?

4 thoughts on “COMPRE LIBERDADE, ALUGUE O RESTO

  1. Eu moro de aluguel e de certa forma acertei sem querer, pensando a longo prazo a diferença do que pago com o que poderia ter financiado posso investir.
    Na minha família, não é tão simples bancar uma ideia desta, pra eles eu sou uma solteira sem posses e pra alguns amigos uma hippie. (ouvi isto semana passada).
    Não deixam de estar certos rs mas o bom é que tenho objetivos rs

    1. Oi Ana, tudo joia?

      Muita gente acredita que alugar é jogar dinheiro fora. Neste sentido se você for uma pessoa consciente e investir com sabedoria. Poderá comprar um imóvel só com a diferença do valor. Além disso, alugar te dá a liberdade de simplesmente mudar,de buscar um outro local se não estiver mais feliz em seu bairro. Quando você é dono fica muito mais complicado essa mudança.
      Não ter bens é diferente de não possuir patrimônio. É muito mais fácil construir uma carteira de investimentos quando não possui despesas de casa e carro. Ser rico é ter renda residual e não posses.

      Grande beijo

  2. Sapiens, nessa eu vou discordar. Já pensei assim um dia, inclusive tentei convencer parentes e amigos a venderem seus imóveis pra aplicarem a grana.
    A questão principal, porém, não é a liberdade de escolha, mobilidade ou ganho financeiro comparativo entre aluguel e prestação. O ponto principal é o APEGO.
    As pessoas tentem a se apegar mais quando o imóvel é próprio, mas isso acontece frequentemente também com imóveis alugados. Conheço pessoas que alugam o mesmo imóvel há décadas e simplesmente não veem outro lugar como um possível lar.
    Por outro lado, também conheço pessoas (sendo eu o melhor exemplo) que não possuem apego ao imóvel, seja próprio ou alugado. No início da vida adulta eu fui um semi-nomade, mudando cerca de 8 vezes em um curto intervalo de tempo de imóveis Próprios. Devido ao desapego, eu conseguia enxergar aquilo como um mero ativo financeiro e, assim, lucrar a cada compra e venda.
    Não fosse a fase e a mentalidade acima, aplicada a imóveis PRÓPRIOS, eu não conseguiria ter chegado ao meu primeiro milhão tão cedo e estaria bem mais distante do sonho FIRE.
    Abraço

    1. A questão que abordou sobre o apego por imóveis também alugado é muito interessante. Nunca tinha pensado sobre essa ótica. A verdade é que quando deixamos o fado puramente financeiro de lado, irão existir inúmeros motivos para adquirir um imóvel para morar. As questões levantadas são sempre válidas. Obrigado por enriquecer o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *