11 Abril, 2018 Sapien Livre 0Comment

A pouco tempo escrevi sobre Gestão de Risco com o intuito de proteção dos problemas pessoais e ao patrimônio que podem comprometer a realização de  nossos sonhos. Neste artigo vou abordar a aversão ao risco na visão mais popular, aquele medo de perder que te paralisa.

Eu costumeiramente sou consultado por amigos e conhecidos com a seguinte pergunta: Qual é o investimento que está rendendo mais…? Tem que ser alguma coisa sem risco porque sou conservador.  – Engraçado que 99% das pessoas fazem a pergunta exatamente desta forma.

A primeira consideração sobre essa pergunta é: Não existe investimento sem risco, se alguém falar o contrário está mentindo ou não entende nada de investir. Os riscos podem ser maiores ou menores, mas sempre existirão.

Segundo, quando alguém fala que não quer correr riscos, ela está se referindo, na verdade, a não perder. As pessoas quando estão ganhando, não ligam para o risco, o problema é quando começam a perder.

Vamos primeiro entender o que é risco. A grosso modo é a probabilidade de um evento inesperado, no qual a ocorrência não depende do interessado, afetar negativamente um investimento trazendo prejuízo parcial ou perda total.

AVERSÃO A PERDA

É o efeito psicológico que acomete todo investidor. Entender como se comporta diante deste efeito é essencial para não perder dinheiro.

O conceito de aversão a perda mostra que a dor provocada pelo prejuízo é imensamente maior que o prazer de ganhar.

O efeito pratica deste fenômeno é, por exemplo, realizar lucros pequenos com a venda da valorização de ações e na outra ponta manter investimentos ruins amargando grandes prejuízos por não querer assumir a perda. Esse viés psicológico faz com que o investidor corra mais riscos para tentar reparar os eventuais prejuízos.

Muitos investidores estudam muito, fazem inúmeros cursos e realmente se preparam para fazer bons investimentos, mesmo assim, quando colocam dinheiro em jogo a coisa muda de figura. Se mostram totalmente despreparados para reagir a eventos inesperados que trazem alta volatilidade e acabam perdendo muito dinheiro.

“Na pratica a teoria é outra”

Joelmir Betin

Isso ocorre, na sua grande maioria das vezes, porque a pessoa não conhece seu perfil de investidor e acaba investindo em modalidades de ativos errados para seu perfil. Abaixo o link de um ótimo teste do site Bussola do Investidor para conhecer o seu perfil de investidor.

Fazer teste perfil de investidor

Resumindo, quando você pensar em risco, na verdade está se referindo a possibilidade de perda. Procure entender como o efeito psicológico influencia seus investimentos. Na verdade é o medo de perder que faz você perder.

  • Estabeleça uma estratégia de investimentos e siga com disciplina;
  • Reavalie seus investimentos de forma fria, procure olhar sempre o que é sinal e nunca de atenção aos ruídos;
  • Se não está conseguindo dormir a noite em função de oscilação do rendimento de seus investimentos, reveja seu perfil e procure se conhecer melhor;
  • Procure sempre agir de forma racional. Tente deixar a emoção de lado;
  • Não tome nenhuma ação quando perceber que a ambição ou o medo estiver dominando suas ações. Se prestar atenção conseguirá perceber quando isso acontece.

Considere o risco de perder, é claro com prudência, um ingrediente indispensável para o sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *