20 Maio, 2019 Sapien Livre 4Comment

Já se foi tempo em que comprar animais foi sinônimo de coisa boa. Sem entrar no mérito do comercio de animais, gostaria de colocar os bons exemplos que esses bichinhos sem raça definida (SRD) podem nos ensinar.

Esses animais que encontramos aos montes nas ruas, abandonados, possuem vantagens e qualidades que deveríamos copiar nos investimentos.

Apesar de ser um animal sem valor comercial, esse bicho tem um valor intrínseco enorme. Por não ter nenhuma raça, ele acabou herdando o melhor de todos os pedigrees.

O que os vira-latas nos ensinam sobre investimentos

Sem frescura – Um vira lata come o que tiver disponível, se tem ração ele come ração, mas se for a sobra do jantar do dono sem problemas. Se é para dormir em uma caminha confortável ótimo,  mas se tiver apenas papelão ele aceita de bom agrado. Um vira-latas não tem frescura.

Nos investimentos – Ter a mente aberta para conhecer e estudar todas as formas de investimentos é essencial para se tornar um investidor completo, livre de preconceitos para aprender e humildade para começar com muito pouco. Além de saber lidar com a opinião, julgamento alheio e as mais difíceis adversidades que aparecem.

Guerreiro e Fiel – Um vira-latas é muito grato ao seu dono. Todo cão é fiel, mas o vira-latas não hesita em arriscar a própria vida para defender o dono. Seja nos bons ou mau momentos ele sempre estará com você.

Nos investimentos – O que mais vejo são pessoas que não são fieis aos seus valores e à sua própria estratégia de investimentos. Não adianta, seja por medo ou ganancia, mudar o que tinha planejado pouco tempo atrás.

Crie um método de investimentos e após coloca-lo em prática seja fiel ao que se comprometeu, fazer ajustes é importante, mas não mude a todo momento que passar por períodos ruins ou receber críticas.

Oportunista – Esse cão ao ver uma porta aberta não pensa duas vezes para entrar, o nome vira-latas não é a toa, revirar lixo a procura de comida é o que fez ele receber  esse nome. Um animal oportunista e simpático que aproveita qualquer gesto de carinho para ganhar um petisco ou uma refeição.

Nos investimentos – Não basta apenas saber como funciona o mundo dos investimentos, precisa saber enxergar, e principalmente, aproveitar as oportunidades. Nossos maiores erros estão em não ver oportunidades ou ter medo de agarrá-las. Aprender a receber um não e também saber lidar com erros lhe fará calejado para lidar com frustrações.

Por Marcos Vinícius Teodoro ( Mel e Pitucha )

Resiliente – Para sobreviver na rua tem que ser forte, por ter herdado o melhor da genética das outras raças, dificilmente um vira-latas fica doente. Passar frio, fome e estar exposto às mais difíceis situações na rua faz do vira-latas o cão mais resistente de todos.

Nos investimentos – Os maiores e melhores investidores são senhores de cabelo branco. O que eles possuem em comum é a capacidade de se adaptar e aprender com os próprios erros e também o dos outros. Desta forma a cada erro, a cada crise financeira ficam mais fortes, mais antifrágeis. Essa é uma das principais habilidades para o sucesso de um investidor a longo prazo.

É Livre – Um Mastin Tibetano pode ter muitas regalias, mimos e a segurança de um lar, mas sempre terá sua vida submissa as vontades do dono que investe muito dinheiro para mantê-lo, é um cão frágil e mimado. Para o vira-lata não existe um dia igual ao outro, ele é livre e vai para onde quer.  Não tem tempo ruim, aceita com bom grado os presentes que a vida lhe entrega, se vier um filé ótimo,  mas se for osso tá valendo.

Nos investimentos – Possuir alguns benefícios e regalias em troca de sua liberdade é o que chamo de algemas de ouro, apesar do valor do metal, continuam sendo algemas. Viver por seus próprios meios e de acordo com seus valores e propósito de vida é o que realmente dá significado à vida.

O Valor da Simplicidade – Acho que não existe animal que possa traduzir melhor o conceito de vida simples como os vira-latas, dar valor ao que realmente é importante me parece ser o grande segredo para uma vida feliz.

Não confunda isso com austeridade financeira, contenção de gastos ou avareza, pois estes são subprodutos do consumismo e do desperdício. Como dizia Epicuro.. “tudo o que é natural é fácil de conseguir; difícil é tudo o que é inútil. ”

Sandro Serzedello em um lindo artigo sobre o nosso famoso complexo de vira latas escreveu…  ¨ Não perca tempo com o “complexo de vira-latas”. Afinal, vira-latas não têm nada de complexo. É a simplicidade da sobrevivência […] Para ser vira-lata tem que ter raça.

Se gostou deste artigo ou faz sentido para alguém que você conhece, compartilhe!

Imagem de capa por Marcos Vinicius Teodoro – ( Pitucha )

4 thoughts on “Aprenda investir com os vira-latas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *