15 Maio, 2019 Sapien Livre 5Comment

Eu gostaria muito de dizer que todas as pessoas podem alcançar a independência financeira e aposentadoria antecipada (entenda o que é Movimento FIRE). Porém são pouquíssimas pessoas que chegarão a este objetivo.

Aposentadoria antecipada não é para todas as pessoas

Hei… você está me deprimindo! Sinto muito amigos, mas são poucas as pessoas que se tornarão independentes financeiramente falando.

Alguns educadores financeiros falam para as pessoas pouparem entre 10 e 20% da renda para investimentos e aí, lá no final da vida, entre os 60 e 70 anos terão a tão sonhada renda para deixar de trabalhar.

O problema é que já sabemos que mais da metade das pessoas estão devendo e apenas 8% da população brasileira conseguiu fazer alguma poupança no ano de 2018.

Somente por estes dados já podemos eliminar 92% da população, porém observe que para se tornar um FIRE você precisa poupar muito mais que 20% de sua renda. Na verdade, as coisas só começam a ficar interessantes quando você passa dos 40%.

 Neste sentido já podemos eliminar mais da metade dos 8% de poupadores que seguem a cartilha dos educadores financeiros.

Para chegar a altas taxas de poupança você precisa de uma renda muito superior a maioria das pessoas ou então ter custo de vida bem inferior às suas possibilidades.

Uma família de classe média com filhos e que segue os padrões do modelo de vida da grande massa, pode esquecer, nunca chegarão a independência financeira antes do 65.anos.

Mas antes que me encha de palavrões, já adianto, existe uma solução. Só preciso alertar que vai doer, mas funciona.

Compre Liberdade, alugue o resto

Rompa com o modelo

Esqueça tudo que aprendeu e ouviu sobre sucesso financeiro na sua vida, taque um foda-se nos conselhos dos seus pais e amigos metidos a espertos. Rompa com o modelo, pare de adquirir passivos e siga algumas regras básicas:

Compre Liberdade, alugue o resto – Você não precisa ter um carro para utilizar um carro, não precisa ter uma casa para utilizar uma casa. Foque seus esforços e seu dinheiro para adquirir renda passiva. Enquanto não tiver sua liberdade, não compre nada.

Saiba o que é importante – Qualquer coisa que comprar que te tirar liberdade deve ser evitada, ou melhor, deve ser eliminada e qualquer dinheiro gasto que não te faça feliz é desperdício. Quem deseja a independência financeira deve ter esse objetivo bem claro em sua vida.

Use a criatividade – Quem busca resolver todos os problemas apenas com dinheiro mata a criatividade. Muitos problemas deveriam ser resolvidos pesando, refletindo e agindo de forma inteligente e não apenas abrindo a carteira.

Faça alguma coisa – Seja realista e faça o que está ao seu alcance hoje. Se está em dívidas, pague primeiro antes de pensar em começar a investir. Se não faz nenhuma poupança, comece, nem que seja com 10 reais por mês, o importante é dar o primeiro passo pois os demais serão mais fáceis.

Não se compare cada um tem seu tempo e seus resultados devem ser comemorados independente de outras pessoas estarem em situação melhor.

Estude muito – Seja um investidor ativo, não desista e por último e não menos importante, não se esquece de viver o dia de hoje.

Lembre se que o dinheiro é apenas um meio, não um fim.

5 thoughts on “Aposentadoria antecipada é para poucos

  1. “Para chegar a altas taxas de poupança você precisa de uma renda muito superior a maioria das pessoas…” Que valor é este, pode ser uma estimativa?

    1. Olá Pedro,
      Na verdade a alta taxa de poupança está mais relacionada com seus gastos do que com um valor especifico. Uma pessoa que recebe 2 salários mínimos pode ter alta taxa de poupança, desde que tenha um custo de vida baixo. Da mesma forma conheço pessoas com alta renda que não conseguem poupar nada.
      Óbvio, quem ganha salário mínimo não tem muitas possibilidades de poupança, mas o que precisa entender é que se estabelecer um padrão de vida que te satisfaça e ainda lhe permita fazer poupança conseguirá uma alta taxa de poupança, mesmo que não tenha uma renda alta.

  2. Na minha opinião a IF é pra quem tem alta renda e disposição pra manter uma alta taxa de poupança por um longo período de tempo.
    O que eu acho que está na realidade da maioria, e é o que deveria ser perseguido na minha opinião, é uma complementação da renda através da renda passiva, pra não depender exclusivamente de salário.
    Uma pessoa que consegue poupar 20% da renda por 10 anos, dependendo do retorno que conseguir, poderia ter uma acréscimo de 20 a 30% na renda de forma sustentável pelo resto da vista.

    1. Olá Dedé,
      Obrigado por contribuir com o assunto. Tem razão quando fala da nessecidade de possuir outras fontes de renda além do salário. Penso diferente de você com relação a alta renda puramente.
      A taxa de poupança aliada com ima vida simples permite que pessoas com renda mediana consiga atingir a Independência Financeira, principalmente se começar jovem.
      Eu sou um exemplo vivo disto. Minba renda nunca foi alta e apeaar disso conseguir atingir a Independência Financeira este ano. Após 8 anos de poupança e investimentos focafos apenas nisso.
      Acredite, não é para todos, mas é possível.

      1. Eu não sei qual é o seu conceito de IF. Mas na minha opinião, seria necessário uma renda passiva sustentável acima de 15k para ter uma boa qualidade e valer a pena parar de trabalhar.
        Considerando uma retirada de 4% a.a, seria necessário ter aproximadamente 5kk investidos. Num país de juros altos como o Brasil, acredito que acima de 3kk já daria uma boa carteira de fii’s e boas pagadoras de dividendos que dariam uma renda nesse nível.
        O custo de vida de no Brasil é muito alto. Aluguel é caro, se vc quer morar bem. Plano de saúde é caríssimo. Pra quem tem filho, educação custa caro.
        Parar de trabalhar e levar uma vida apertada, na minha opinião, não vale a pena. Por isso prefiro trabalhar com 2 perspectiva: não depender somente do meu salário e ter uma renda extra no futuro para poder suportar um maior custo de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *