Comportamento

A vida é uma despedida

6 Março, 2021 Sapien Livre 4Comment

Uma grande preocupação do mundo FIRE e das pessoas de um modo geral é com o futuro. O que será que vai acontecer com  nossos investimentos? Será que fiz a reserva financeira suficiente para garantir meu sustento e de meus familiares ao longo dos anos?

E os investimentos? Será que no futuro o que me dá dinheiro hoje irá continuar se valorizando. Nossa! São muitas preocupações, muitas dúvidas, muitas incertezas.

Por tantas questões como estas as pessoas entram em pânico e paralisam. Elas cometem o maior erro de todo candidato a investidor:

Não fazer nada

Quando a incerteza toma conta da nossa vida ativamos um estado de inércia e paralisia em nossas vidas ao lidar com questões futuras.

No entanto, se observar bem, o futuro se faz hoje. São as boas ações tomadas hoje que fazem um futuro promissor, neste sentido o futuro é o próprio presente. O futuro é agora.

O futuro é a qualidade do meu presente

Existe um mito de que devemos sacrificar o presente para que exista um futuro melhor. A ideia é de que devemos plantar para depois colher.

Isso é uma obviedade que ninguém pode contestar, mas o que ninguém confronta é que não precisa ser um sofrimento a época de plantio.

Por que tem que ser sofrido plantar? É exatamente esse o maior período do  ciclo de vida. Como disse acima, a vida se faz hoje e se hoje é o momento de plantar, porque não fazer disso algo que valha a pena?

Mas vai dizer que não gosta do trabalho e não tem reconhecimento e ainda por cima ganha mal. Olha… Tá aí mais motivos para fazer o momento presente valer a pena.

Se é para trabalhar em algo que não gosta, tem que ser pelo maior valor possível. Trabalhar com empenho e procurar remunerar cada minuto, pois assim consegue chegar na época de colheita mais rápido possível.

Temos que romper com a história de nossos avós que se sacrificaram para que nossos pais aproveitassem, então nossos pais se sacrificaram para que nós aproveitassemos e agora estamos fazendo o mesmo, se sacrificando para que os filhos aproveitem. Será que em algum momento alguém vai fazer valer todo esse esforço com uma vida significativa?

Fazer bons investimentos e ao mesmo tempo viver com qualidade hoje.

A vida é uma despedida

Imagina se amanhã só existisse o que você agradeceu hoje? Como você acordaria, me fala?

A gente tem uma péssima ideia de imortalidade sobre nossas vidas. A gente acha que sempre vai dar tempo de dizer eu te amo para alguém, de tirar um dia para conversar com verdadeiro interesse com seu cônjuge, com os pais e filhos.

Então, em função da rotina, da correria, deixamos para depois. O sol nasce todos os dias, mas só paramos para apreciá-lo nas férias, longe de casa.

A todo momento somos novas pessoas, as crianças crescem, os nossos pais que sempre foram mais fortes que a gente, de repente, se tornam seres frágeis.

Cara, a vida é uma despedida e o futuro nada mais é que a qualidade do nosso presente.

Imagem por Free photos – Pixabay

4 thoughts on “A vida é uma despedida

  1. Excelente post!

    De forma simples, direta e profunda, você abordou temas que tanto incomodam quando o arrependimento por não ter “vivido mais” bate à porta.

    Gostei do que falou sobre o círculo vicioso criado em torno do sacrifício. Realmente não tem que ser assim.
    Chega a ser assustadoramente incrível saber que foi exatamente isso que a maioria de nós ouviu dos pais.

    “Será que em algum momento alguém vai fazer valer todo esse esforço com uma vida significativa?”
    Boa pergunta…
    Alguns até entendem o próprio esforço excessivo como um tipo de troféu.
    Mas será que pensar assim vale mesmo a pena?
    Para mim, não.

    Boa semana,

    1. Oi Rosana,

      Eu até acho que o esforço excessivo pode ser um troféu. Desde que ele seja honrado por aqueles que foram agraciados pelos resultados. O problema é que a maioria das vezes vemos muito esforço para pouco resultado e nada de vida significativa.
      Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *